Support our efforts, sign up to a full membership!
(Start for free)
Register or login with just your e-mail address
Songs
P'ra quê querer aquilo que não volta?
P'ra quê dizer o que não foi dito?
Ao longe, quem olha p'a mim, não nota
Que eu 'tou c'a cabeça noutro sítio
Tu 'tás lembrada, quando tinhas frio na perna
E era eu quem era os teus colãs (Haan)
As dentadas no pescoço e o acordar de todas as manhãs
(Haan) Mas não, não é dia de arrumação
'Tou mesmo a fazer as malas que é p'a me ir embora
E não é que não me faça confusão
Mas eu olho bem p'a ti, e 'tás melhor agora
Ela vai querer ver sitios que só ela vê
Ela tem um sorriso fácil, ela cheira bem
Pôs no pulso uma pulseira linda, Cartier
Pôs perfume com fragrâncias que só ela tem

Mas já não é p'a mim, não (Não, não, não, não)
Não é p'a mim, não (Não, não, não, não)
Não é p'a mim, não (Não, não, não, não, não)
Haan (Não, não, não, não)

Agora aperta mais o peito e ajeita o cabelo
E se encontrares o teu amor na rua
Se fores traída à primeira vez, a culpa é dele
Se fores traída à segunda, querida, a culpa é tua
Amor, vou-me fazer à vida (Ai, ai, ai, ai, ai, ai)
Mas vou pensar nela (Ai, ai, ai, ai, ai, ai)
Eu vou pensar nela (Ai, ai, ai, ai, ai, ai)
Amor, vou-me fazer à vida (Ai, ai, ai, ai, ai, ai)
Mas vou pensar nela (Ai, ai, ai, ai, ai, ai)

P'ra quê querer aquilo que não volta?
P'ra quê querer aquilo que não volta?
P'ra quê querer aquilo que não volta?
P'ra quê querer aquilo que não volta?

Mas já não é p'a mim, não (Não, não, não, não)
Não é p'a mim, não (Não, não, não, não)
Não é p'a mim, não (Não, não, não, não, não)
Haan (Não, não, não, não!)


You might be interested also in...
Top songs from around the world today




© 2001-2024
top40-charts.com (S6)
about | site map
contact | privacy
Page gen. in 0.5448129 secs // 56 () queries in 0.54609179496765 secs